segunda-feira, 22 de março de 2010

Spirit of London - Motivos para ir ou não.

Em consideração ao fato de  eu ter participado de três edições, me sinto de certa forma experiente pra dizer oque  penso sobre esse evento e expor minha opinião, levando em conta também o fato de conhecer muita gente que nunca foi e que mesmo assim  vive falando mal.
Já procurei na internet, mas em nenhum site de busca encontro nada a respeito dos detalhes desse festival. Ninguém fala nada, só leio elogios e na maioria das vezes eles vem  dos próprios organizadores do evento, mas  nenhuma crítica de pessoas que ja foram!
Decidi que estava na hora de alguém dizer o que pensa de verdade sobre o festival levantando também os pontos negativos.

O que é Spirit of London?
 
Segundo os próprios organizadores do Evento (Equipe da rádio Energia 97 FM), o Spirit of London é o maior evento de musica eletrônica do mundo.
Até aí tudo bem.
É realmente grande, tem muita gente (mesmo!), tem milhões de Djs do mundo inteiro. Além de ser realizado em um espaço bastante grande no Sambódromo do Anhembi.
A intenção até que é boa, admito!

Pontos positivos:

O site sobre informações do evento até que é bem feito, apesar de travar o meu computador. O preço dos ingressos é bem acessível e o festival é realizado em um lugar bem localizado. Afinal quem não sabe onde fica o Sambódromo do Anhembi né?
Tem MUITA musica de boa qualidade. Tem Djs de toda parte do mundo e pra todos os gostos. Uma coisa que eu  acho bem legal é o fato de que lá também  existem divisões entre tendas diferentes pra os diferentes tipos de públicos com seus respectivos gostos. Você não precisa ficar necessariamente de frente pro palco principal, onde tocam os Djs mais renomados e famosos, mas pode circular e curtir a musica que você realmente gosta em uma das outras quatro tendas, como por exemplo, a tenda Freedom, uma tenda com dançarinos, além de totalmente decorada com cores e brilhos, é  feita especialmente para receber o publico Gay. Tem também a tenda Terremoto que toca principalmente Drum and Bass, para os seguidores do Dj Mark, que fica quase o evento todo enfurnado lá dentro. Tem a tenda Mega Blast que toca Psy pra quem prefere e nova tenda Dj Mag que toca alguma coisa parecida com House, sei lá, não fiquei muito tempo nela pra saber, mas a musica também é boa!
É claro que a idéia de criar várias tendas, uma para cada tipo de musica não é originalmente deles, mas copiar coisas boas de outros eventos não é uma estratégia ruim. É sim um ponto positivo.
Enfim, a musica é realmente boa. Se você for pra esse evento única e exclusivamente pela musica não vai se arrepender.


Pontos negativos:

Entenda, não é uma Rave! - Um dos maiores problemas, é que quando se fala em música eletrônica as pessoas pensam logo em dança, e com toda razão, afinal de contas são musicas em sua maioria sem letras e cheias de ritmo, são feitas pra dançar e mais nada! O que acontece, é que quando você vai ao Spirit of London, uma das ultimas coisas que dá pra você fazer lá é justamente dançar. O evento é tão cheio de gente que você não consegue nem ao menos dar alguns pequenos passinhos sem trombar com alguém, ou até mesmo, ser atropelado por alguém, é aí que vêm 50% da decepção das pessoas que compram o ingresso. Nem mesmo quem pagou mais caro pelo camarote pode se dar ao luxo de dançar, afinal, quantos passos você consegue dar encima de um degrau de arquibancada? Pois é, aí vem outra decepção, no Spirit of London o camarote é a arquibancada, um pequeno espaço parcialmente coberto em frente ao palco principal.
Crianças demais - Outra porcentagem de decepção aparece quando você entra no evento e só vê rosto de criança. Um monte de adolescentes cheios de espinha usando allstar com o cabelo cheio de sabão pra deixar duro, fora o cheiro de puberdade misturado com "Axe" no ar, ninguém merece. Tinha tudo pra ser um evento especial e talvez até com um nível mais alto, isso é claro se não fosse permitida a entrada de tanta criança. Infelizmente um dos pontos mais negativos do evento é o fato permitirem a entrada a partir dos 16 anos. Nada contra os "ultra-jovens" (Cruj-Cruj (rs)), mas o ambiente fica tão... Digamos... Passeio escolar... Não precisava ser assim.
Porquice demais -Tanta gente imatura junta só resulta em "cagadas", não to generalizando, muitos jovenzinhos que vão até se comportam muito bem e curtem o evento da maneira que podem, mas não posso falar isso de todos infelizmente. Nunca vou me esquecer do casal que vi transando em público na primeira edição que fui a alguns anos, mais especificamente em 2006, fiquei bege quando vi os dois encostados no muro naquele "esfrega-esfrega", o pior é que além dessa cena ainda presenciei outras na edição de 2007,  lembro de ver uma garota passando mal e um garoto arrastando ela pra um cantinho enquanto enfiava a mão na blusa dela massageando os peitos da coitada, tipo apertando mesmo, sabe?!! A garota desmaiada e o moleque beliscando os bicos do peito por dentro da blusa, cruzes ! A porquice do evento é incontestável. Depois de ser testemunha dessas cenas prometi que nunca mais voltaria, só mudei de idéia agora em 2010, três anos depois, quando soube que estaria no evento nada mais nada menos que SKAZI, não tinha como não ir dessa vez, sempre quis ouvir as musicas deles pessoalmente, mas nunca tinha tido a chance. Queria poder ouvir Skazi ao vivo nem que fosse pra ficar apenas na hora que eles estivessem lá, e mesmo que tivesse que presenciar outras porquices como vi assim que cheguei: Um cara chupando os peitos de uma garota na maior cara de pau, em público mesmo... Sem comentários... Não tem nem o que dizer. Ainda bem que eu já fui preparada pra esse tipo de visão, embora estivesse torcendo pro evento ter evoluído um pouco, já que fazia cerca de três anos que não ia. Cruzar os dedos nem sempre da certo sabe...
Lixo demais - O restinho de vontade de ficar no evento termina quando você percebe que o lugar esta virando um lixão. Não existe em lugar nenhum do Anhembi nesse dia uma lixeirinha sequer! Fica feia a coisa quando você começa achar todo o tipo de coisa estranha no chão: Camisinhas, óculos quebrados, restos de lanches, capas de chuva, e todos os copos plásticos de todas as bebidas da festa, TODAS mesmo!
A qualidade da musica perde a graça quando você vê que a boa organização do evento só acontece do palco pra cima. Lamentável...
Caro demais - Se o Halls lá custa quatro reais, Quanto você acha que custa um lanche seco de presunto ?  Sem comentários. Você paga barato no ingresso, mas sofre um pouco pra comprar coisas la dentro. Sem falar nas filas interminaveis, deixa pra lá.
Etc - Em qualquer show ou evento cheio de pessoas que você vai hoje em dia, admitindo ou não, a gente sabe que tem aquele pessoal que vai com a pior intenção, pode ser tanto com a de enfiar a mão nos bolsos dos outros  enquanto ela estão sendo espremidos, quanto a de passar drogas para o povinho de mente fraca. Porque nesse evento seria diferente? Pois bem, não é! Um fato até chocante, considerando que a maioria dos frequentadores tem menos de 20 anos.
Cenas de jovens caidos pelo local, vomitando ou fazendo coisas impróprias também não são novidades por lá.

Concelhos pra quem for algum dia:

1- Compre camarote! Você vai evitar vários constrangimentos mesmo não tendo muito espaço pra dançar. Afinal quem compra pista tambem não pode, e ainda tem que aturar gente pisando no seu pé e te empurrando o tempo todo.

2- Não se arrume tanto! Use roupas confortáveis como sapatos fechados, calça comprida e camisetas leves. Não cometa a burrice de usar salto fino e alto, ou sandálias de dedo, além de mini saias PELAMOR né?!

3- Passe um desodorante antes de sair de casa! Ninguém quer sentir o cheiro de calabresa saindo da pizza nas suas axilas! Mas não exagere no "Axe", os comerciais são tudo papo furado! ninguém vai te amar mais por você ter tomado banho com esse tróço.

4- Leve um óculos escuro. Vai proteger seus olhos das luzes  fortes do evento e também vai esconder suas olheiras ou sua maquiagem borrada quando começar a amanhecer. Também ajuda bastante a proteger sua visão das coisas medonhas que ficam  escondidas durante a noite mas que surgem pela manhã.

5- Leve o minimo de coisas possível! Mochilas e bolsas deixe em casa! Elas atrapalham horrores!

6- Não saia tentando beijar todo mundo, e não beije qualquer um. É nesses lugares onde você pega boqueira e herpes com mais facilidade. Ninguém vai obedecer essa, mas não custa tentar.

7- Vá com o propósio de ver aquele Dj que você gosta consciente de que não poderá curtir como gostaria. Lá não dá pra dançar a vontade, nem curtir muito a aprensentação do seu ídolo no palco, ainda mais se você tiver menos de 1.60 de altura ( sei bem do que to falando ein! )

Particularmente falando...

Na primeira edição que fui do Spirit of London em 2006, só fui mesmo pela empolgação. Pensava ser parecido com o Skol Beats que já tinha ido nesse mesmo ano, por ser realizado no mesmo lugar, e ter a mesma idéia básica de trazer celebridades do mundo eletrônico, passou pela minha cabeça que talvez valeria a pena.
ODIEI.
Mas em 2007 fomos novamente pra dar uma segunda chance ...Fomos de camarote dessa vez, e a decepção foi até maior. Apesar do camarote ser parcialmente coberto, choveu e me molhei do mesmo jeito. Chegamos lá a meia noite, e antes das quatro da manhã ja estavamos caindo fora.
Agora, em 2010 decidimos ir denovo eu e meu namorado. Mas agora, já estavamos cientes do que enfrentariamos. Lá no fundinho tinhamos a esperança de ver algo de melhor nessa edição, ainda bem que um dos nossos ingressos foi ganhado nas promoções da rádio, porque o arrependimento de ter comprado um deles bateu logo na entrada. Enfim... Dessa vez nosso objetivo não estava tão focado em dançar ou se divertir passeando pelas tendas, estavamos lá pra ver o Skazi. E não só vimos, como também curtimos, cantamos tiramos fotos, filmamos, ainda assistimos Void (que é tão bom quanto Skazi) e finalmente voltamos satisfeitos.
Odiamos as outras vezes que fomos sim, por ter sentido muito o peso de todos os pontos negativos descritos acima.
Mas nessa ultima edição segui todos os meus próprios conselhos. Fui curtir a musica, não o evento.
Porque se não fosse assim não teria sido bom como foi.
E dessa vez pude dizer: "Até que enfim saí desse tal Spirit um pouco satisfeita.. Pelomenos uma vez !"

Se eu recomendo ou nao?
Bem, eu recomendo pra quem gosta de música, e quer ouvir pessoalmente os melhores Djs ao vivo.
Porém, eu não recomendo pra quem não tem paciência com empurra, empurra, com crianças, e se além disso você  assimilar musica eletrônica com dança sempre!
Você não sairá de lá feliz... rs


Fotos retiradas do google

11 comentários:

  1. "(...) fora o cheiro de puberdade misturado com "Axe" no ar, ninguém merece!"

    HAHAHHA Ri MUITO!

    Olha flor, como adoradora de música eletrônica, já fui em algumas edições do Spirit! E, tenho que convir que, como TODO grande festival, a Spirit também têm seus prós e contras.

    De acordo com TUDO o que você disse.
    Se a gelera for para curtir o som, vai sair de lá maravilhado, mas, se o intuito for dançar, conhecer gente legal, se divertir... a conversa muda de ângulo! Rs
    Particularmente, eu nao vou mais na SPIRIT desde 2008 (Ed. em que o Alex Gaudino foi atração principal), quando as pistas começaram a ficar abarrotadas de pirralhos e sem espaço para dançar.
    Não aconselharia ninguém a gastar dinheiro com a Spirit, apesar de ser barato!

    Ótimo post, abrir os olhos do pessoal é sempre uma ótima opção!
    Passa lá no blog flor, tem post! :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. menina! agora fiquei assustada. acho que não vou não. se fosse (desculpe pelo cheiro de naftalina) para ver U2 faria tudo e um pouco mais.. mas dessa ai fiquei com medo.. minha paciencia não dá para tudo isso.. adorei a sua maneira de escrever.. texto gostoso, compreensivel.. vc tem talento.. parabens. linda noite para vc..beijão

    ResponderExcluir
  3. concordo em gênero, número e grau...
    é o evento teria tudo para ser um dos melhores do Brasil, e quem sabe um evento referência na cena, se não fosse os pontos fracos que sobressaem... Spirit agora só quando vier alguém muito bom, vamos ao evento vemos e vamos embora.. hehe..
    gostei muito mô..
    beijões...
    té+

    ResponderExcluir
  4. Nunca fui nesse evento, mas pelos comentários nem quero mais rsrs
    Adorei seu blog, é muito útil e fala sobre muitas coisas interessantes!!!
    Bjos!!! ^^

    ResponderExcluir
  5. Oi,acabei de ler seu post, e achei muito legal....
    mas confesso q comprei o ingresso ontem para ir pra Spirit of Blue, vlw pelas dicas e recomendações, só assim não terei tantas surpresas.... semana q vem volto pra contar o q aconteceu lá,,,,bjos

    ResponderExcluir
  6. Sabe me dizer se na pista tem espaços cobertos? Porque a chuva amanhã vai ser direto... Abraços

    ResponderExcluir
  7. Olha eu fui em quatro edicoes, vou na quinta agora e falo: esta certissimo tudo isso... Meu a spirit perdeu a graça. Mas perdeu mesmo! Eu vou agora com minha namorada, mas so por causa do flo-rida!! Mas infelizmente o evento decaiu pra uma mesmisse e um mal gosyto terrivel, igual quermesse de bairro q so vai molecada!! Eu mesmo da ultima vez q fui passei uma das minhas piores baladas em que cheguei as meia noite e quatro horas da manha no primeiro metro (nem tinha aberto ainda. Detalhe), ja tava saindo fora com minha namorada! Excesso de crianças: esse e o x da questao! Te falo: se vc quiser curtir uma balada de verdade, va a flex club, bubu lounge disco, cantho club, ate na danger o ambiente e beeeem melhor q na spirit!! Um amigo meu gay me disse uma coisa q e verdade: a tenda freedom tem mais heteros do que gays!! Verdade!! pq: pq as musicas alem de ser as melhores todos ficam mais a vontade! Minha namorada chama atençao: e loira tem um corpo escultural e eu tambem chamo. Sou moreno, musculoso.. Mas na ultima spirit, um grupinho de tres moleques passou por nos e me deu um pisao no pe propositalmente para arranjar brigas. Eu tenho classe e nao revidei, apenas fomos para outoo lugar, mas dai ja da pra perceber o nivel. Se for, nao beba. Ou tente tomar algo la fora! Pq meu, na boa o forte da spirit nao e bebida. Cerveja em copo de plastico, agua e ice e a unica coisa a ser servida. E por incrivel q pareca, tem meninas o meninos q conseguem ficar bebados com isso... Nao va ao banheiro, ou va se conseguir.. Meu e fila interminavel que nao acaba mais. A ultima q fui no memorial, fiquei exatos 40 minutos na fila, ou vc pode presencias cenas de grupos de pessoas que mijam em qualquer canto... Normal. Feche os olhos pq a cena e lamentavel. Esta longe de ser um evento de classe como eles pregam, pq na boa: deixa a desejar! Eu mesmo, vou te falar, nao tenho mais paciencia pra spirit!! Esta vai ser minha despedida! E tomara q tudo de certo!! Uma ultima: o evento va ate meio dia, mas duvido se vc aguenta ficar ate as 5 da manha! Se vc for uma pessoa de classe nao vai ficar com certeza! Ate la abraços galera!!

    ResponderExcluir
  8. Nussa, estava quase comprando ingresso, o relato do blog e do último "anônimo" ajudou muito. Odeio criança, não tenho saco para lugar sujo e gosto de ser bem tratado... em resumo, sou meio fresco mesmo, assim como minha namorada. Iria só por causa do Flo Rida, mas vai ficar para uma outra oportunidade.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. 2013 sera evoluído, camarote não sera em degraus e com certeza no parque tem lixeira por perto, e a idade minima agora é 18, x) então vamos curtir a boa Musica eletrônica, tem mais, o parque tera grande espaço aberto espero que nao fique empurra-empurra, e de pra dançar tranquilo.. e eu vou kkk..

    mais espero mesmo que seja melhor. vá e quem sabe desta vez vc se depare com um evento de maior nível.

    ResponderExcluir
  11. Oi somos véios e baladeiros . tem alguma dica?

    ResponderExcluir