quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Cade a graça disso tudo?


Há alguns dias atrás, meu namorado e eu tentando corrigir um erro do meu computador, em meio à liga e desliga, coloca e tira de programas, a minha HD simplesmente parou de funcionar com TUDO o que eu tinha guardado desde que comprei meu computador, e isso já tem muito tempo.

Pensa só você perder todas as recordações que você juntou por tanto tempo, simplesmente ir pro lixo junto com uma HD queimada. De vídeos, músicas, fotos a versinhos a textos guardados e separados por data, tudo simplesmente desaparecer. Pois é, foi o que parecia ter acontecido. Enfim.
Meu computador voltou a funcionar, mas estava completamente NU.
Não tinha nada que eu pudesse reconhecê-lo como meu, além da carcaça.
Enquanto a HD foi pro conserto, fiquei aqui. Lembrei que tinha muita coisa minha espalhada pela internet, e que pelo menos algumas fotos eu conseguiria recuperar. E lá fui eu a buscar.
Primeiro entrei no Orkut, depois no Facebook, em seguida no Fotolog e no Picasa. Até aí tudo bem, a maioria das fotos mais importantes estão por aí. Não sei por que, mas nessa busca digitei meu nome no Google e eis que surgiram os defuntos esquecidos: Flogão, Vibeflog, Nafoto, Gigafoto, Sônico, Limão... E levei um susto com a empolgação que eu estava quando criei tudo isso. Realmente era até legal em meados de 2006, mas como tão rápido eu enjoei e me esqueci de tudo isso?

Daí a inspiração pra esse post:

Onde foi parar a graça disso tudo?

Há um tempo havia tanto a se fazer por aqui. Afinal...
Quem aí nunca ficou ansioso em chegar casa logo pra ver e responder os “scraps” no Orkut?
Quem nunca tirou uma foto com pessoas especiais pensando “Humm, essa vai pro meu álbum na internet”?
Quem não teve vontade de ter um espacinho na internet pra colocar recordações, fotos de momentos, pra se exibir um pouco, ou se auto afirmar? ( mesmo que a intenção inicial não tenha sido essa, ou você nem sabia que era essa)
Inocente ou não. Todo recém ‘Incluído digital’ chega empolgado nesse mundinho aqui. Mas como tudo que chega um dia vai embora, a empolgação também acaba.
Decidi então fazer uma lista de tudo o que um dia já curti muito, e que hoje assim como eu, muita gente já não vê tanta graça, ou nenhuma.


1 - Flogão : Quando passei a usar a internet com mais freqüência todos os meus amigos tinha um Flogão. Um site “Foto + Blog”, no qual é possível publicar fotos individualmente com legendas, e receber comentários sobre elas. Como surgiram concorrentes melhores, todo mundo decidiu sair fora (Pelo menos todos os meus amigos).



2 -Vibeflog/ Nafoto/ Gigafoto/ Fotoaki/ Space – MSN / etc.. - Os concorrentes do Flogão. Alguns vinculados a provedores como Uol, Terra, MSN não fizeram muito sucesso, pois se você não paga, ou desiste do provedor, logo, perde sua página. Conheci muita gente frustrada com isso.



3 -Fotolog – Sempre que alguém dizia ter uma página onde postava fotos, dizia “ah eu tenho um fotolog”. Mesmo sendo um Flogão da vida, Fotolog é o nome ideal para um Fotoblog, logo, fez um pouco mais de sucesso. Mesmo assim, que atire a primeira pedra quem não ficou PUTO com os comentários serem permitidos apenas por usuários. Esse foi um ENORME vacilo do Fotolog. Por causa disso quem postava todo dia, passou a postar cada vez menos, até uma hora cancelar ou abandonar a conta.



4 - Orkut- A rede social que mais faz sucesso no Brasil, pra mim é a maior decepção da internet.

Quanto mais reformam, pior fica. Se você quer encontrar: Baixo nível, infantilidade, joguinhos infantis, gente analfabeta, adolescentes coloridos, miguxos, photoshop até vomitar, crianças e velhos de todas as idades, gente com dor de cotovelo, gente com síndrome “Sua inveja faz a minha fama”, gente esquizofrênica e paranóica com perseguição, gente achando que todo mundo quer ser igual a ela, modelos não descobertas de todos os tipos/cores/pesos, gente que ama um scrap coletivo com desenhos irritantes, gente que tira foto até sentado na privada, gente nua, gente vestida, crianças que pensam ser adultos, adultos que pensam ser crianças, homossexuais, bissexuais, metrossexuais, curiosos, pedófilos e as vezes até heterossexuais. Esse é o lugar.
Não há NADA que você não encontre no Orkut hoje em dia.
Na verdade a única coisa que você não encontra no Orkut hoje é graça.
Com certeza, assim como eu, muita gente ainda não se desfez dele por algum motivo bem pessoal. Talvez algum depoimento importante, um recado, um contato, uma história que o envolva ou algo parecido. Por que definitivamente, se você tem mais que dois anos usando Orkut, sabe que ele não tem mais absolutamente nada de interessante. Ainda mais se essa mesma pessoa já tem Facebook. Não tem nem comparação.


5 - Limão, Sônico, UOLK- Outras redes sociais, imitações do Orkut.

Até entrei em algumas por curiosidade. Não me decepcionaram porque na verdade nunca fizeram sucesso.
Falando nisso, vocês tem alguma idéia de quantas Redes Sociais existem? Dá só uma olhada nessa lista, clicando aqui.


6 - MSN Messenger - Fiquei em dúvida em colocar esse na lista, mas pensando melhor, definitivamente não tem a mesma graça de antes. Se eu entro (Quando entro), passo a maior parte do tempo ausente ou ocupado pra selecionar as pessoas que eu quero conversr de verdade. Afinal quem é que aguenta, aquele contato que fala "Oi, e aí...", e se você não responde ele chama a sua atenção ou manda quinhentos e setenta e nove emoticons pra chamar sua atenção. Isso sem contar aqueles Nicks adolecentes cheio de cor e códigos, e frases de dor de cotovelo. Ah não! Não tenho mais paciência pra isso. Me chamem de velha, prefiro ser velha a ter que aturar isso.

Hoje em dia a comunicação está tão avançada, em meio a SMS, Twitter, E-mails, telefone, msn é puro luxo de gente desocupada.
A propósito, aquele "Space" do MSN é a coisa mais confusa que existe. É meio blog, meio Fotoblog, meio Twitter, meio Orkut, meio Youtube, e no fim não é nada.Tenho algumas fotos por lá também, mas estão com os dias contados.

Agora, fala sério. Se você tem mais de cinco anos usando a internet, em qual dessas paginas acima você ainda acha graça?



Enfim, minha HD foi salva por uma empresa especializada (que a propósito cobrou bem caro), e este susto me trouxe duas coisas boas:


1ª Lembrar de guardar tudo em Cd.
2ª Apagar os rastros da empolgação de tanto tempo atrás, dando adeus a um milhão de “Velharias virtuais” (Termo usado pela Sheila, que por pura coincidência também se desfez de bastante dessas coisas essa semana).


(Fiz esse post especialmente  pro Agite Antes de Usar.  Passa lá !)   =]

Nenhum comentário:

Postar um comentário