terça-feira, 4 de maio de 2010

Trajetória

  
E é inútil procurar encurtar caminho e querer começar já sabendo que a voz diz pouco, já começando por ser despessoal. Pois existe a trajetória, e a trajetória não é apenas um modo de ir. A trajetória somos nós mesmos. Em matéria de viver, nunca se pode chegar antes. A via-crucis não é um descaminho, é a passagem única, não se chega senão através dela e com ela. A insistência é o nosso esforço, a desistência é o prêmio. A este só se chega quando se experimentou o poder de construir, e, apesar do gosto de poder, prefere-se a desistência. A desistência tem que ser uma escolha. Desistir é a escolha mais sagrada de uma vida. Desistir é o verdadeiro instante humano. E só esta, é a glória própria de minha condição. A desistência é uma revelação.
Clarice Lispector

2 comentários:

  1. Esquerda?
    Direita?

    há quem vire as costas
    ...

    ResponderExcluir
  2. Elaine, estou aqui novamente em minha visita relâmpago, vim lhe convidar a ler o novo capítulo de “O Diário de Bronson (A Continuação de O Chamado)” e deixar o seu comentário.
    Retornarei com melhores modos. Tenha uma boa semana.
    Abraço do Jefhcardoso!
    http://jefhcardoso.blogspot.com

    ResponderExcluir